A partir da próxima segunda-feira, dia 14, o município passará a ter um centro de referência para atender pacientes com suspeita de dengue. A decisão foi tomada na tarde desta quinta-feira, dia 10, pela Secretaria de Saúde.

A partir da próxima segunda-feira, dia 14, o município passará a ter um centro de referência para atender pacientes com suspeita de dengue. A decisão foi tomada na tarde desta quinta-feira, dia 10, pela Secretaria de Saúde. A secretária Cláudia Pires explica que o aumento de casos suspeitos do vírus, e a tendência de surto no Vale do Sinos, é que fizeram com que a Administração pensasse nessa nova estratégia. “Estamos agindo, de certa forma, preventivamente com este atendimento especializado”, explica.

O Centro de Referência da Dengue funcionará, das 13 às 21 horas, de segunda a sexta-feira, no prédio onde recentemente foi instalado o Centro de Referência Respiratória, para atender pacientes com suspeita de Covid-19. O prédio fica na rua Adolfo Mattes, nº 117 (antiga Farmácia Hamburguesa). Com essa mudança, os moradores com sintomas gripais (de Covid) devem procurar o posto de saúde do seu bairro. “Essa mudança de referência será temporária, enquanto durar essa explosão de casos de dengue”, avisa Eliane Fleck, coordenadora da Vigilância em Saúde. 

A expectativa é de que nos próximos dois meses os casos de dengue ganhem destaque nos atendimentos. Nessa semana, Estância Velha confirmou os dois primeiros casos de dengue em 2022, e saltou de cinco casos suspeitos, no dia 4, para 52 casos suspeitos nesta quinta, dia 10. 

11 caçambas de entulhos e lixo 
Por conta do aumento de casos suspeitos, a Vigilância em Saúde intensificou uma série de ações, entre elas, mutirões de limpeza nos bairros com maior incidência do mosquito. O trabalho de recolhimento de lixo iniciou pelo bairro Sol Nascente nesta quarta-feira, dia 9. Em dois dias, a Secretaria de Obras recolheu 11 caçambas de entulhos e lixo nas ruas e nas calçadas do bairro, totalizando em torno de 100 m³ de lixo. 

Além disso, nesta semana, a Vigilância aplicou veneno contra o mosquito Aedes aegypti no bairro União, nas imediações da rua Achinelo Graebin, e no Residencial Nova Estância, nas imediações da rua Jacob Guilherme Dienstmann.

Data de publicação: 10/03/2022

Créditos: Isaías Rheinheimer

Créditos das Fotos: PMEV

Compartilhe!